31 de janeiro, entrevista

hoje a gente tá completando 1 mês, todo dia fazendo algo que a gente nunca fez. a juliana krapp acompanhou esses dias todos, gostou tanto daqui que quis fazer uma entrevista com a gente. aí esse é o nosso “nunca” de comemoração de 1 mês.
eu nunca tinha dado entrevista não, nem a elisa.
quando a entrevista for publicada, a gente coloca o link aqui.

http://www.cultura.rj.gov.br/materias/um-ano-inteiro-de-nuncas

30 de janeiro, Gisele Bündchen

ver a Gisele Bündchen. fo.to.gra.far a Gisele Bündchen.

até agora num tô acreditando..
vim fazer um freela pro site do gnt no spfw. hoje fui fotografar o backstage da colcci. até que chegou a hora que ela apareceu. meu deus.

30 de janeiro, o roteiro de um sonho

escrevi o roteiro do sonho que eu quero ter essa noite:

eu quero começar voando. nadando de crawl e sobrevoando o rio de janeiro num dia ensolarado. isso poderia durar o sonho inteiro, mas não, quero parar em minas, almoçar o almoço do jeito que a minha mãe fazia. goiabada com queijo de sobremesa. depois eu quero cair num mar inteiro de bolinha de plástico, mas tem que ter água e bolinha. uma rede, vou dormir numa rede mais ou menos meia hora, e vou acordar numa piscina só com água e nadar um pouquinho. todos as pessoas que eu gosto, churrasco e cerveja uma tarde inteira e um show da tulipa ruiz só pra gente. quero voltar pra casa voando.

29 de janeiro, no sinal

fiz malabarismo no sinal pra aprender a fazer malabarismo na vida.

(com a participação de kleyson fortalecendo a parceria no malabarismo, e júlio registrando tudo)

28 de janeiro, dançadinha

primeiro, contar que eu tô chorando de rir do texto da ste do post de ontem. haha.

meu nunca foi hoje de manhã cedinho, chegando de viagem, um dia lindo, um calor logo cedo, um mar de gente. entrei no metrô, o shuffle do ipod tocou uma música que eu adoro, quer saber, sempre me controlo, dessa vez, tsc tsc. num fiz a magali não, mas dancei no metrô.

27 de janeiro, expressar a tpm para o mundo

por incrível que pareça, eu e elisa menstruamos mais ou menos no mesmo período do mês.
então esse nunca precisava ser em dupla.

26 de janeiro, uma coisa maravilhosa vai acontecer na sua vida

combinamos por email: cada uma iria escrever alguns papeizinhos com a frase “uma coisa maravilhosa vai acontecer na sua vida”. ao longo do dia, deixaríamos em alguns cantinhos, por onde a gente passasse.

deixei no buraquinho do orelhão, no banco do ônibus, nos bolsos de umas roupas que experimentei de propósito em uma loja, entre os guardanapos de um restaurante e na prateleira de chocolates da farmácia.

ste deixou no banheiro do trabalho, nas bandejas do almoço, na padaria perto de casa e espalhou alguns pela rua.

atenção: uma coisa maravilhosa vai acontecer na sua vida.

25 de janeiro, primeiro instrumento

há tantos anos meu coração morre de amores por um tamborim. fui buscar o meu hoje. tive as primeiras lições. parece fácil mas é difícil, ou vice-versa, sei lá. prometo que até o carnaval começar, eu tô tocando esse tamborim.

adoro quando um nunca é o começo de um pra sempre.