21 de janeiro, TIM

call center da TIM, 23h.
protocolo: 2011017162842

– boa noite.
– boa noite, senhora. em que posso ajudá-la?
–  eu queria que você me contasse uma história. a história da sua vida.
(silêncio)
– me conta alguma coisa

o juliano tem 30 anos (mas com carinha de 18!), mora em belo horizonte mas é de viçosa. ele tem saudade dos amigos e da família. estuda administração na puc do barreiro e conhece bem o barreiro de baixo. mora no tirol. trabalha no call center da tim há menos de um mês e, por mais que todo mundo pense que é infernal um call center, ele acha que não, e tem gostado do trabalho.

Anúncios

32 comentários sobre “21 de janeiro, TIM

  1. Genail esse nunca! Nunca imaginei que um atendente de call center sairia do protocolo. Aliás, é um ser humano mesmo que atende as ligações, né?

  2. adorei o post, principalmente porque recentemente abri um blog, parecido com esse post… tellmesome.wordpress.com

  3. Sabe oq eu acho legal nisso tudo? Eh que o q fazem eh não é premeditado e não é relacionado a apenas voces duas… vcs envolvem outras pessoas, e fazem com que o dia delas sejam melhores… E pô : Meninas… ISSO EH REALMENTE MARAVILHOSO !!! 🙂

  4. eu nunca teria coragem de fazer isso .. teria muita vergonha de ser reijeitada pelo atendente! haahaa, parabéns, adorei a singeleza da história =D

  5. Já trabalhei em um call center da Tim, e posso dizer que o moço não estava sendo completamente sincero quando disse que não era tão ruim… Foi uma das piores experiências da minha vida.

    Exatamente por isso, posso te dizer que você salvou o dia de alguém!

  6. Posso achar que ele pode perder o emprego por isso?

    Tipo… teve um post em um blog falando da fantástica experiência de um cara que conheceu a maquinista de um trem do metrô na linha verde às 11h da noite de um dia próximo ao reveillon (não lembro se era antes ou depois do evento).

    O rapaz descreveu como ela era, e o convite de passear na cabine do maquinista e o vídeo que ele fez durante todo o trajeto ele pôs no youtube e linkou no post.

    Pois isso foi suficiente para chegar na cia do metrô (eu trabalhava lá na época) e com a descrição descobriram a maquinista, e ela foi demitida por justa causa.

    São histórias que geram posts bonitos, mas que podem trazer uma história mais triste no final…

    Tirando a existência do número do protocolo de atendimento, o que envolve exatamente a pessoa que lhe deu a história, achei bonito…

  7. Adorei as histórias de vc ,sinceridade eu nunca pensei que ficaria tanto tempo lendo algumas coisas de duas figuras que nem conheço.Parabéns!!

  8. Meninas li sobre esse blog, sobre esta ideia na revista Marie Clair e não acreditei que fosse verdade por isso vim conferir. Gente é simplismente genial. Nossa sem palavras… Esse nunca por exemplo: ouvir a historia de um operador de telemarketing. Eu já trabalhei com isso e sei que as pessoas acham que tem um ser que não merece respeito do outro lado da linha. Essa iniciativa de vocês foi linda, sensivel, parabens!!!

  9. Que inveja, na época que eu trabalhei em Call Center isso nunca me aconteceu, seria realmente legal e estranho.

  10. Pow vcs são muito criativas, haja pique pra não estressar e CABUM! Eu vou imitar, talvez não use um blog, uma agenda até pode ser, mas de fato é que vcs me inspiraram, super indiquei o blog depois da Entrevista do Jô, que eu imagino deve ter dado uma super repercussão na vida docês! UM BJ ENORME, e sorte. Ainda falta bastante nunca ‘-‘

  11. Muito genial… E como disseram em um post, está parecendo “O fabuloso destino de amélie poulain”. Muito da hora as coisas simples da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s