05 de março, fazendo alguma coisa

é muito difícil conseguir um táxi no rio de janeiro, na zona sul, no carnaval. aí eu tava numa fila, faltando 1 pessoa pra chegar na minha vez, vem o táxi, para, olha pro moço (que era negro e estava com a família, inclusive com uma criança de colo esperando o táxi. na chuva) pergunta alguma coisa e diz que não vai levar o moço. achei estranho.

mas aí entrei no taxi e perguntei porque ele não quis pegar o moço. o taxista não respondeu, ignorou minha pergunta. aí perguntei de novo e ele disse que não tinha que dar satisfação. aí eu falei: então talvez não fosse pra eu estar no seu táxi também. vou descer. e desci.

na maioria das vezes a gente deixa passar, mas eu decidi que nunca mais vou deixar.

Anúncios

11 comentários sobre “05 de março, fazendo alguma coisa

  1. 1) adorei esse nunca!!

    2) hj, lembrei de vcs! EU NUNCA TINHA DEIXADO mensagem em secretaria telefonica!! HJ EU DEIXEI!! ahhh que legal fazer ‘nuncas’!!!!

  2. Puxa, não achei difícil pegar taxi na zona sul não! Na rua da minha casa temporária de carnaval sempre passava taxi e por onde andei também!!! Agora tem uns taxistas no Rio que vamos combinar, os caras acham que são os deuses…pqp!!

  3. Que choque. Fiquei triste.
    Acho triste ter que dar parabéns pra quem se comporta como você. Não por que foi ruim, mas por que foi certo. Não devia ser mais que obrigação de todo mundo. Não devia ser mais que obrigação de todo mundo aceitar que todo mundo é igual. Pelo menos no que concerne aos direitos de todo mundo. Você vê. E tá certa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s